Mais de 3 mil pessoas não compareceram aos postos para receber 2ª dose da vacina

26Mais de 3 mil pessoas que deveriam receber a segunda dose da vacina contra a Covid-19 ainda não compareceram aos pontos de imunização para completar o esquema vacinal em Salvador. A recomendação é que a dose de reforço da CoronaVac seja aplicada 28 dias após a administração da primeira aplicação.

A informação sobre a data de retorno para recebimento da segunda dose está contida no cartão de vacinação do imunizado. Para alertar esse público sobre a importância de finalizar o processo de imunização, equipes da Secretaria Municipal da Saúde (SMS) encaminham mensagens de texto para o celular dos faltantes. No portal www.saude.salvador.ba.gov.br/vacinacao-covid/ também é possível consultar o dia que cada pessoa deve retornar aos pontos de vacinação.

De acordo com a médica infectologista, Adielma Nizarala, o Programa Nacional de Imunização segue as recomendações dos fabricantes das vacinas que foram preparadas para aplicação em dose dupla. A especialista lembra que os estudos realizados pelos fabricantes do imunizante concluíram que a segunda dose provoca a quantidade de anticorpos confiável para atestar a imunização.

“É necessário que as pessoas sigam rigorosamente as orientações prestadas pelo Programa Nacional de Vacinação, que estão alinhadas com as recomendações dos fabricantes, para assegurar a proteção contra o vírus. O esquema vacinal incompleto não assegura a imunidade contra a doença”, afirmou.

Período de imunização e cuidados – O sistema imunológico leva, em média, duas semanas para criar anticorpos neutralizantes, capazes de barrar a entrada do vírus nas células, de acordo com estudos publicados. A resposta pode variar de acordo com faixa etária e outros aspectos individuais do vacinado.

Ou seja, mesmo após a segunda dose o cidadão não está protegido imediatamente. A proteção começa, em média, duas semanas após a aplicação da segunda dose no paciente. Este foi o intervalo de tempo usado nos testes clínicos das duas vacinas disponíveis no Brasil como a CoronaVac e a Oxford, para medição da resposta imune dos vacinados.

Por exemplo, se uma pessoa que tomou a vacina se infectar antes desse tempo, não quer dizer que a vacina falhou, mas que não deu tempo do sistema imunológico criar a resposta imune. É importante ressaltar, ainda, que a vacinação não assegura 100% de imunidade – no entanto, a pessoa que completou o esquema de vacinação reduz drasticamente as chances de desenvolver um quadro grave da doença, que leve à internação ou mesmo à morte.

Os cuidados, porém, não devem ser ignorados, mesmo por quem já completou o ciclo (as duas doses) da vacinação. O uso de máscara de proteção, a higiene constante das mãos e a manutenção do isolamento social – especialmente no sentido de evitar aglomerações – continuam sendo fortes aliados no combate à Covid-19.

Locais de vacinação – Nesta quinta-feira (25), a segunda dose da vacina para os idosos acontece das 8h às 16h, nos pontos de drive-thru na Universidade Federal da Bahia – Campus Ondina, Arena Fonte Nova (Nazaré), Atakadão Atakarejo – Fazenda Coutos, 5º Centro de Saúde (Barris), Parque de Exposições (Paralela), Fundação Bahiana para Desenvolvimento das Ciências – Cabula, Centro de Convenções de Salvador (Boca do Rio), Barradão (Canabrava) e Vila Militar – Dendezeiros.

Os pontos fixos estão situados na USF Vista Alegre, Universidade Católica do Salvador (Pituaçu), Faculdade Bahiana de Medicina (Brotas), Fundação Bahiana para Desenvolvimento das Ciências – Cabula, UBS Nelson Piauhy Dourado (Águas Claras), USF Resgate, USF Santa Luzia, USF Federação, USF Plataforma, USF Cajazeiras X, 5º Centro de Saúde (Barris) e Colégio da Polícia Militar (CPM) – Dendezeiros.

Também das 8h às 16h, a aplicação da segunda dose para os trabalhadores da saúde é realizada na Unijorge – Campus Paralela (ponto fixo e drive-thru), USF San Martin III (drive-thru) e USF Colinas de Periperi (ponto fixo).

Filômetro – Para evitar filas, o cidadão a ser imunizado pode utilizar o Filômetro para saber quais os pontos de vacinação com maior ou menor movimentação. As informações estão disponíveis no site filometro.saude.salvador.ba.gov.br .