Saúde registra 589 atendimentos nos cinco dias do Festival da Virada Salvador

Nos cinco dias do Festival da Virada Salvador, o módulo de saúde instalado na Arena Daniela Mercury, na Boca do Rio, realizou 589 atendimentos.

Os casos de natureza clínica com náuseas, dor de cabeça e intoxicação alcoólica foram responsáveis por 87% das admissões no posto (514), seguido dos traumas ortopédicos com 38 ocorrências e dos procedimentos cirúrgicos (33).

Durante toda a festa, apenas 11 pessoas necessitaram de transferência para unidades de retaguarda para realização de exames complementares. A rede municipal absorveu 65% dos pacientes regulados da arena. “Tivemos uma das festas mais tranquilas dos últimos anos, sem registros relevantes de episódios de violência e os casos mais comuns contabilizamos no módulo da saúde foram os de natureza clínica. Outro ponto importante é que a estrutura montada para o festejo atingiu resolutividade de quase 100%, ou seja, o grande volume de público que participou dos cinco dias do festival não gerou impactos na rotina da rede hospitalar da nossa cidade”, esclareceu Leo Prates, secretário municipal da Saúde.