Chamamento Público para contratação imediata de médicos segue em aberto em Salvador

Remuneração dos novos profissionais pode chegar até 15 mil reais

A Prefeitura de Salvador, por meio da Secretaria Municipal da Saúde (SMS), segue com o Chamamento Público para contratação de médicos por Pessoa Jurídica (PJ) na capital. Os novos profissionais serão contratados em regime de 20 e 40 horas, com remuneração que pode chegar a R$ 15 mil. Os interessados podem ter acesso ao edital com todas as informações no site http://www.saude.salvador.ba.gov.br .

Somente em 2019, a SMS convocou mais de 370 médicos tanto por concurso, chamamento público e Reda, além de outros 33 que foram incorporados através da residência médica. “Não temos notícia de nenhum outro município brasileiro que deflagrou tão amplo processo de convocação de profissionais na área da saúde, sobretudo com a contratação de médicos. Salvador já é a capital do país que mais avançou na estruturação da saúde básica e com esse ritmo acelerado de convocação de novos servidores nossa expectativa é atingir a marca histórica de 60% cobertura na atenção básica, entregando à população soteropolitana uma rede de postos requalificadas e com equipes 100% consistidas”, declarou Leo Prates, secretário municipal da Saúde.

Os Chamamentos Públicos que estão em aberto até o final de março deste ano, habilitará médicos para atuação na rede de atenção básica do município bem como para o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência – SAMU 192. A modalidade prevê a contratação imediata dos servidores.

“O processo é bastante simples, mas muito eficaz. Estamos unindo todos os esforços necessários e continuaremos trabalhando incansavelmente para melhorar a saúde pública em nossa cidade. A convocação dos profissionais aprovados no concurso público segue de maneira acelerada e também estaremos oportunizando a habilitação de médicos por chamamento para dar uma resposta rápida e conseguir garantir que todos os postos da rede estejam com as equipes 100% consistidas. Esse é o nosso compromisso com o Prefeito ACM Neto e com todos os soteropolitanos”, considera Leo Prates.