Ação conjunta leva cidadania ao Largo dos Mares

Fotos: Bruno Concha/Secom
Na manhã desta terça (09), a Feira de Saúde e Cidadania ofertou uma série de serviços para quem passava no Largo dos Mares, na Cidade Baixa. O evento teve como público-alvo as pessoas em situação de rua e foi promovido pela Prefeitura, através do Consultório na Rua, do Serviço de Atenção Especializada Marymar Novais e dos demais serviços da atenção primária do Distrito Sanitário de Itapagipe, em parceria com o programa Corra Para o Abraço, as Obras Sociais Irmã Dulce (Osid) e o Projeto Axé.

De acordo com uma das organizadoras, Luciane Chaves, o caráter conjunto da feira foi pensado para ofertar uma diversidade de serviços para os atendidos. Há desde emissão do Cartão do SUS, vacinação, atendimento médico e de enfermagem até a assistência jurídica e encaminhamento. Em ações como esta, há o aconselhamento dos atendidos através de palestras sobre infecções sexualmente transmissíveis. Logo após, eles são convidados a fazer o teste rápido no Centro Marymar Novais, nos Dendezeiros. A sífilis é mais diagnosticada.

Luciane Chaves ressaltou que a feira é uma oportunidade para que pessoas antes sem acesso aos serviços básicos possam ter seus direitos assegurados. “São pessoas que sofrem estigma, sofrem preconceito e estão à margem. Muitas vezes são pessoas em situação de rua, em vulnerabilidade social e invisibilizadas. Nossa intenção aqui é apresentar estes serviços para pessoas que os desconhecem e aproximá-los dos profissionais e da rede”, explicou. Para ela, os atendidos podem atuar como multiplicadores, recomendando e ampliando o alcance das ações da rede de atenção.

Exemplo – A feira ainda contou com atividades de arte-educação e uma roda de capoeira, onde estava Washington Tavares, um dos atendidos pela rede que tem atuado também como um multiplicador. Ele esteve em situação de rua durante 20 anos e hoje está abrigado em uma das unidades de atendimento à população em situação de rua da Prefeitura.

“Eu conheci estes serviços há alguns anos atrás e, a partir do momento que procurei atendimento, todos me trataram super bem. Através do atendimento deles eu consegui fazer documentos que me faltavam. Hoje é uma satisfação muito grande estar aqui. Toda vez que alguém me fala que precisa de um documento ou outro serviço eu recomendo”, relatou.