Saúde realiza ações em comemoração ao Dia Mundial da Raiva em Salvador

Em 4 anos, mais de 500 mil animais foram imunizados no município

Com o objetivo conscientizar sobre a importância da prevenção para evitar os problemas causados pela raiva, a Secretaria Municipal da Saúde através do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) promove nesta sexta-feira (28), Dia Mundial da Raiva, atividades educativas contra a doença.

Os agentes de saúde vão realizar uma feira de Zoonoses na Escola União Caridade e Abrigo, no bairro da Boca do Rio a partir das 08h30 para sensibilizar desde cedo o público infanto-juvenil sobre o tema.

Já no bairro de Paripe, o CCZ vai montar um ponto de vacinação antirrábica para cães e gatos das 08h às 14h na praça de João Martins. Na ocasião, também estará acontecendo panfletagem e orientação para a população local.

Na localidade também serão realizadas palestras a partir de 08h30 na Unidade de Saúde da Família (USF) Sérgio Arouca e nas Escola Municipal de Paripe e nas Escolas Estaduais Almirante Barroso, Sete de Setembro, Barros Barreto, Edson Tenório de Albuquerque e o Colégio Adventista.

“Esse trabalho educativo é o primeiro passo para a secretaria poder efetivar uma cobertura considerável para livrar a cidade do vírus da raiva. Prova disso, é que o último caso doença detectado em Salvador foi em 2004” afirma Andrea Salvador, gerente do CCZ.

Vacinação – Desde 2015 somente durante as campanhas anuais de vacinação antirrábica mais de 500 mil animais foram imunizados. No entanto, a dose da vacina está disponível nos 96 postos de saúde dos 12 Distritos Sanitários. Além disso, no Castramóvel os animais também são imunizados para serem castrados, desde a implantação do programa de castração em 2007 o dispositivo já realizou mais de 70 mil castrações.

A dose é anual, os cães e gatos devem ser vacinados aos três meses de idade com uma dose de reforço após 30 dias.

“O controle da natalidade evita as chances de reprodução em peso e abandono dos animais em via pública trazendo menos riscos de transmissão de doença para os seres humanos” explica Andrea.

Doença – A raiva é uma doença infecciosa contagiosa aguda, causada por vírus que afeta o sistema nervoso central (SNC) e caracterizada por um quadro de encefalite. Todos os mamíferos, inclusive o homem, são susceptíveis ao vírus. O prognóstico é fatal em praticamente 100% dos casos.