Prefeitura oferta testes rápidos na Arena Fonte Nova neste sábado (15)

WhatsApp Image 2018-09-13 at 11.33.29 (1) WhatsApp Image 2018-09-13 at 11.33.29 (1)A coleta funcionará das 09:00 às 13 horas durante o evento Dia de Bahêa

A Secretaria Municipal da Saúde (SMS), por meio do Serviço de Atenção Especializada (SAE São Francisco), irá ofertar testes rápido para a detecção de doenças sexualmente transmissíveis (DST`s) neste sábado (15), na Arena Fonte Nova. A testagem rápida que será realizada por meio do projeto Fique Sabendo, contemplará preferencialmente o público masculino.

Durante o atendimento que funcionará das 9: 00 ás 13 horas, serão realizados testes rápidos para a Sífilis, HIV e hepatites virais, além disso, o público contará com a dispensação de preservativos e orientações sobre saúde sexual e reprodutiva. O acesso será pelo estacionamento VIP, Ladeira da Fonte das Pedras, Nazaré.

A iniciativa faz parte das ações do Sábado do Homem e visa sensibilizar a população sobre o mês de luta contra o vírus HTLV (Vírus Linfotrópico de Células T Humanas), bem como o incentivo ao  diagnóstico precoce e  consequentemente a quebra  da cadeia de transmissão dessas doenças.

Os usuários com sorologia positiva contarão com o apoio e orientação dos aconselhadores, e serão acolhidos e encaminhados para uma das unidades de referência da rede municipal onde receberão todo o suporte necessário para o tratamento, inclusive, com a dispensação dos medicamentos retrovirais totalmente gratuitos.

HTLV:É um vírus transmitido por relações sexuais, transfusões de sangue, compartilhamento de seringas e agulhas e ainda de mãe para o filho, durante o parto e amamentação. A doença é dividida em HTLV-1 e HTLV-2. Os sintomas indicativos da patologia são dores nos membros inferiores e região lombar, dificuldade para caminhar, defecar ou urinar, lesões cutâneas, alterações visuais e ósseas. O diagnóstico é feito por meio de exame de sangue, mas como o risco de desenvolvimento de doenças associadas ao HTLV-1 em indivíduos assintomáticos é baixo, não existe tratamento para esses casos.