Centros de Especialidades Odontológicas registram aumento na demanda

Centros de Especialidades Odontológicas registram aumento na demanda

Cuidar da saúde bucal é cuidar do bem-estar de todo o corpo. Quem possui problemas dentários tende a sofrer com distúrbios na mastigação e, em determinadas situações, na fala, respiração e até em relações pessoais do dia a dia. Soteropolitanos que buscam atendimento odontológico têm encontrado amparo através dos serviços oferecidos pelas unidades da Secretaria Municipal de Saúde (SMS).
Neste ano, houve um aumento de 27% da demanda dos Centros de Especialidades Odontológicas (CEOs) – em janeiro, foram contabilizados 2.140 atendimentos; em maio, 2.701. Essas unidades atuam em casos de média complexidade, propiciando integralidade da atenção em saúde bucal, oferecendo serviços de periodontia, endodontia, cirurgia oral menor, oncologia, odontopediatria e Núcleos de Apoio Especializado (Napes).
O atendimento odontológico em Salvador começa na atenção primária, através das Unidades Básicas de Saúde (UBS) ou nas Unidades de Saúde da Família (USF), onde são realizados tratamentos como orientação de higiene oral, aplicação tópica de flúor, raspagens periodontais, restaurações e extrações. Caso seja necessário atendimento especializado, o paciente é encaminhado, de forma referenciada, para um dos seis CEOs da cidade, localizados na Federação, Mussurunga, Cajazeiras, Cabula, Periperi e Carlos Gomes.
A rede municipal de saúde conta com 136 unidades que prestam atendimento odontológico, entre UBS, USF, CEO, Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) e Unidade de Atendimento Odontológico (UAO) do Dique do Tororó. A SMS possui em seu quadro 373 cirurgiões-dentistas e 376 auxiliares de saúde bucal e técnicos.
Problemas– Os problemas causados pela falta de higiene na boca vão além de cáries, mau hálito, gengivite, tártaro e outras questões que atingem os dentes e gengivas. Pode culminar no agravamento de doenças em outras partes do corpo, comprometendo a saúde física como um todo. “Grávidas podem sofrer gestação prematura. Também pode resultar em problemas cardíacos”, alerta o dentista Márcio Couto, que atua há 10 anos no CEO da Carlos Gomes.
Reconhecimento– A ampliação da cobertura de saúde bucal e a qualidade do serviço prestado renderam a Salvador, no início de dezembro de 2017, o prêmio como cidade que tem o melhor programa de saúde bucal entre os municípios baianos com mais de 50 mil habitantes, no concurso “Brasil Sorridente”, instituído pelo Conselho Regional de Odontologia da Bahia (CROBA).